Apresentação

O Curso de Engenharia de Sistemas e Computação da Faculdade de Engenharia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro foi criado pela Resolução 466, aprovada pelo Conselho Universitário e pelo Conselho Superior de Ensino e Pesquisa da UERJ, tendo sido promulgada em 29 de Dezembro de 1976 pelo Reitor Caio Tácito.

A Resolução aprova o currículo pleno do Curso de Engenharia e estabelece em seu Artigo 2° que:

“…O currículo pleno do Curso de Engenharia compreenderá:

  1. Parte comum, com total de 1905 horas/aula, equivalentes a 103 créditos.
  2. Parte da Formação Profissional, integralizada, quanto ao número de créditos e à carga horária conforme disposto no parágrafo 1°, itens I, II e III deste artigo.


§ 1° A parte de Formação Profissional compreenderá as seguintes habilitações e respectivas especializações:

§ 2. Habilitação na área de Engenharia Elétrica

e) Especialização em Engenharia de Sistemas de Computação: integralizada em 130 créditos, correspondentes a 2625 horas/aula.”

Criado em uma época onde o ambiente da área de ensino de Computação era inteiramente dominado por entidades particulares, o Curso Engenharia de Sistemas e Computação da Faculdade de Engenharia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro foi um dos pioneiros, visto que praticamente inexistiam cursos de graduação voltados para Sistemas e Computação e as oportunidades existentes eram poucas e dispendiosas.

O Curso de Engenharia de Sistemas e Computação surgiu então com o objetivo de suprir as necessidades de um mercado de trabalho carente de profissionais com formação superior na área específica de computação.

A UERJ, uma Universidade do Estado, passou então a oferecer as condições exigidas pela área em formação, e mais, de maneira não elitista, que permitisse ao candidato desprovido de grandes recursos financeiros ter acesso a uma especialidade que viria a crescer de forma significativa, como se confirmou posteriormente.

Portanto, o Departamento de Engenharia de Sistemas e Computação - DESC, nasceu com o intuito de formar graduados em nível superior, com conhecimentos técnicos fortes e abrangentes, nas áreas de Engenharia Elétrica, Eletrônica e de Sistemas e Computação, com cunho iminentemente prático.

principal.txt · Última modificação: d/m/Y H:i (edição externa)
geomatica Creative Commons License Valid CSS Driven by DokuWiki do yourself a favour and use a real browser - get firefox!! Recent changes RSS feed Valid XHTML 1.0